(21) 3477-7778

contato@vidrado.com

A tendência de projetos arquitetônicos integrados, na qual cada vez mais varandas vêm se transformando em uma espécie de extensão da sala, fomentam o mercado de envidraçamento de sacadas, também conhecido como sistema cortina de vidro. Nele, todos os vidros se abrem lateralmente para as extremidades, como se fossem persianas e, a ausência de perfis verticais, permite uma abertura total do vão, além de uma enorme sensação de continuidade visual e espacial.

Basta andar pelas ruas das cidades para notar que as varandas estão, cada vez mais, sendo fechadas com vidro. A prática traz diversos benefícios. A área da sala é ampliada, o espaço recebe novos usos e é só fechar as janelas para impedir que o vento e a poeira invadam o imóvel. A parte mais divertida da história é decorar o novo ambiente. Ele pode ser uma extensão da sala ou quem sabe uma cozinha gourmet.

É possível também apostar na integração total, nivelando o piso e tirando as portas divisórias da sala. O sistema confere a abertura total ou parcial dos painéis de vidro, permitindo adequação às diversas formas geométricas da obra. Os painéis podem ser instalados em projetos de variadas geometrias, acompanhando curvas e ângulos dos guarda-corpos das varandas.

Por não apresentar esquadrias verticais, é adequado em edificações onde as convenções regulamentam as decisões de alteração da fachada. Nesse caso o sistema normalmente é especificado em vidro incolor de 8 mm temperado, que praticamente não influencia na estética das fachadas.